Afrodite & O Homem

03/03/2013 09:29
 


                                          POEMA MITOLÓGICO=> VERSÃO ORIGINAL


A deusa escolhe o homem, que a fará companhia
desce do Olimpo, procura, vigia...
Afrodite, é muito seleta:
Só terá o homem, que o coração alerta...

A deusa do amor, não quer apenas prazer
Ela quer sentir, vibrar
E no amor, se fartar...

Procura aqui e ali
Os homens são fascinantes!
Mas ainda não acha
Aquele, para ser seu amante...

Tem que vibrar na mesma sintonia
E querer amar de noite de dia...
Afrodite é insaciável,
Precisa de alguém a sua altura!
Mas eis que avista, tal criatura:

O homem moreno, alto, viril
Faz seu corpo imortal
Vibrar, se molhar...
O líquido escorre, entre as suas divinas vestes
Ela passa os dedos, comprova...
Realmente está desejosa!
De todos os homens que vira antes
Nenhum a deixou assim!
Se tem tesão
É seu, o homem enfim...

Ela lança de sua sedução
Conquista do homem, o coração...
Ele se entrega em delírio
À deusa, com seu fascínio.
Afrodite se põe nua
Pele branca,
Boca carnuda,
Lábios sedentos de beijos...
E o homem humildemente, satisfaz os seus desejos.

A deusa está pronta para o enlace:
Recebe o corpo viril,
Do homem que escolheu, para lhe ser servil...

A cópula se anuncia:
A deusa, melada de prazer
Quer o membro dele, receber...

Ele, a toca primeiro
Sente o odor, seu cheiro
A deusa não é diferente
:É fêmea, exala o perfume
De toda mulher que tesão sente...

Ela puxa o homem para dentro de si
Segura os cabelos dele
Olha-o, sorri...

Ele responde em beijos quentes, que atiçam o corpo
Ela geme, quer ser tomada:
Em uma intensa cavalgada...

A deusa quer mais e mais
É insaciável, mas ele a satisfaz!
Mais um orgasmo se aproxima
Ela leva a boca dele ao seu seio
Quer que a sugue, sem receio...

A deusa permite ser sugada, nos seios, e nas sua vulva molhada...
Ela delira assim
E ele pede, para ser seu homem sempre
A deusa fica sensibilizada
E o leva ao Olimpo
Lá, dá a seu homem a ambrosia
Que o torna imortal também
Deuses que se completam agora
Em corpo, desejo
Em orgasmos fenomenais
Que explodem do alto do Olimpo
Como fogos de artifício
Mostrando aos humanos
Como se faz amor, em outro plano...

FÁTIMA ABREU